Quando Natal não é bom...

- Por que estás triste, mamã?

Quando Natal não é bom...

- Porque o Natal está a chegar, meu querido.

- Mas o Natal não é bom? As pessoas andam tão contentes porque está a chegar o Natal, mamã…

- Não, meu amor, o Natal não é bom. Para nós não é. As pessoas andam contentes, é verdade. Fazem árvores de Natal, acendem luzes, compram presentes para os que amam e para os que não amam assim tanto, mas as prendas fazem parte do Natal.

- E nós também vamos receber prendas, mamã?

- Não, filhote, não vamos. Nós não somos amados.

- Porquê?...

- Não sei, querido. Nunca soube por que não nos amam. E antes de mim a tua avó, e a tua bisavó, nunca nenhum de nós soube por que não somos amados.

- Nem no Natal, mamã…?

- O Natal é o pior, meu amor. Para nós o Natal é o Inferno. Tu ainda és muito pequenino para sentir a dor directamente, mas gostava de conversar contigo sobre este Natal. É possível que a mamã tenha de ir embora este Natal.

- Não, mamã! Para onde vais? E eu fico sozinho?

- Vou para onde todos nós vamos um dia. A nossa vida, infelizmente, é muito curta. E não estamos neste mundo para viver, mas sim para morrer. Podemos morrer em qualquer altura, mas o Natal é a pior altura, é a mais perigosa. É nessa altura que vemos partir muitos amigos, pais e irmãos. E este ano vai ser também a minha vez. E tu tens de tentar viver o melhor que podes, meu amor, mesmo sem mim, até chegar também a tua hora.

- Não entendo mamã… para onde vamos? Por que temos de viver tão pouco?

- Porque os Homens comem outros animais. É isso que nós somos para os Homens, somos comida. Não somos seres vivos. A maior parte dos humanos nem sabe como somos. Não sabe que nascemos, crescemos, casamos e temos bebés. Não sabe que morremos, para que eles nos possam comer.

- Que horror, mamã, por que é que nos comem?

- Por gula, meu amor. Por gula. Apenas porque gostam do sabor da nossa carne, do nosso sangue.

- Até o António nos come, mamã? E o Francisco? O António não nos come, mamã! Ele dá-nos comida!

- Desculpa, meu amor… é o António que nos mata.

turkey_and_babies_mini

 

Jenny-Beatrice-snuggling

 

3-turkey-slaughter-lg-16213345

 

turkey3_2

Natal não é para todos...

AUTOR: Filomena Marta

Publicado em: 
5 Dezembro, 2012
Categoria: 
299 leituras