Luís Moita

Luís Moita
  • Nascido em Lisboa em 11 de Agosto de 1939.
  • Doutorado em Ética pela Universidade Lateranense (Itália), em 1967, com a classificação “summa cum laude” (10/10). Concluiu o doutoramento como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian e o grau académico foi reconhecido pela Universidade Católica Portuguesa. Actualmente é Professor Catedrático de “Teorias das Relações Internacionais”, Director do Departamento de Relações Internacionais e membro do Conselho Científico da Universidade Autónoma de Lisboa. Entre 1992 e 2009 foi Vice Reitor desta Universidade.
  • Coordenou o Instituto Sócrates para a Formação Contínua na mesma UAL e dirige a unidade de investigação OBSERVARE (Observatório de Relações Exteriores) que edita uma colecção de livros e duas publicações periódicas: oanuário JANUS (publicado desde 1997) e a revista científica semestralJANUS.NET, e-journal of International Relations (publicada desde o Outono de 2010).
  • Durante 15 anos, entre 1974 e 1989, dirigiu o CIDAC, organização não governamental portuguesa de cooperação para o desenvolvimento.
  • Entre 1989 e 1997 leccionou a Cadeira de “Filosofia e Deontologia do Serviço Social” no Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa. Foi Professor Associado Convidado da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra (até Outubro de 1998), onde leccionou "Sociologia das Relações Internacionais". Foi também até 2013 Professor Convidado no ISCTE-IUL, responsável pela Cadeira de “Globalização e Relações Internacionais de África” no Mestrado e Doutoramento em Estudos Africanos.
  • Actualmente, coordena os Mestrados em Estudos da Paz e da Guerra e em Relações Internacionais, na Universidade Autónoma de Lisboa.
  • Desde 1998, é conferencista regular do Curso de Defesa Nacional promovido pelo Instituto de Defesa Nacional. Nos anos lectivos de 2004 a 2007 leccionou no Instituto de Altos Estudos da Força Aérea e desde 2006 até 2011 no Curso de Estado-maior Conjunto do Instituto de Estudos Superiores Militares. Ainda é Professor do Curso de Promoção a Oficial Superior da Força Aérea, no mesmo Instituto.
  • Em 10 de Junho de 1998 foi condecorado pelo Presidente da República portuguesa com a Grande Cruz da Ordem da Liberdade e em 7 de Janeiro de 2005 foi condecorado pelo Presidente da República italiana como Grande Oficial da Ordine della Stella della Solidarietá Italiana.

"...a configuração internacional contemporânea parece controlada por influentes centros de decisão sob forma de redes transnacionais, interagindo com os poderes tradicionais e as dinâmicas globalizadoras."

Onde vivo: 
Lisboa