SENCIENTE:

1. adj. 2 gén. que tem sensações; sensível.
(Lat. sentiente) in Dicionário da língua Portuguesa, Editora, 5ª edição
2. adj. que sente; que tem sensações.
(Lat. sentiens ) in Dicionário Cândido de Figueiredo, 1913

SENCIÊNCIA:

Senciência é a "capacidade de sofrer ou sentir prazer ou felicidade". [1]
[1] SINGER, Peter. Vida ética: os melhores ensaios do mais polémico filósofo da actualidade.
Rio de Janeiro: Ediouro, 2002. ISBN 850001055X. P. 54
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Ainda não foi criado nenhum conteúdo para a página inicial.

O beija-mão à rainha

Segunda, 14 de Julho, 2014

Cavaco Silva beija a mão à rainha

Acertou em quase tudo, mas infelizmente este “quase” estraga a festa. O que é de estranhar é que a Presidência da República deve ter, com certeza, especialistas em etiqueta e protocolo. Ninguém ensinou o nosso Presidente sobre o beija-mão? Para mais tratando-se de uma, agora, rainha?

A rainha sorriu, por educação ou condescendência é um mistério.

O primeiro erro cometido foi o facto de o beija-mão ter ocorrido num local descoberto, num local público, quando apenas deve ser efectuado em locais cobertos e reservados. O movimento de agarrar a mão da rainha com as duas mãos é admissível, como demonstração de especial afecto… mas “pregar-lhe um xôxo” é que já não. Os lábios do homem devem sempre permanecer junto à mão da senhora, mas sem lhe tocar.

AUTOR: Filomena Marta

O Futuro é Hoje

Sexta, 11 de Julho, 2014

O Futuro é Hoje

A vida não somos só nós, a vida não é o “eu”, a Vida é o que acontece à nossa volta enquanto estamos distraídos com o nosso umbigo.

Ao contrário do que alguns “life coachers” (que nome bonito!) ensinam, a vida não é “eu”, não é sermos felizes “porque sim”. Um “life coacher” de 60 anos até admito que tenha coisas para ensinar. Um “treinador de vida” que já viveu o suficiente para ter visto muito, para ter conhecido muito, para ter sofrido, amado, desamado, ter-se iludido e desiludido, ter conhecido a vida e a morte, amigos e inimigos… um “treinador” desses até pode ter muitas coisas para dizer que devem ser escutadas. Um “life coacher” de 30, bem, terá assim tanto para dizer? Conhecerá assim tanto? Estará tão focado em si próprio que ensine a todos que a “a vida és tu”, “a felicidade és tu”…?

AUTOR: Filomena Marta

Parla-mente à portuguesa

Sexta, 11 de Julho, 2014

Petição

O Parlamento mente? Não é a primeira vez que questões importantes são consecutivamente adiadas. Desta vez, o importantíssimo e inadiável diploma que criminaliza os maus tratos a animais foi adiado, pela segunda vez. Deveria ter sido votado no dia 3, passou para dia 10 e agora é despudoradamente empurrado com a barriga para dia 25 (na melhor das hipóteses!).

Por incrível que possa parecer (e é!) há quem não concorde com este diploma e até mesmo quem se oponha. Calculamos, portanto, que sejam aqueles que ou não gostam mesmo de animais, ou gostam de dar umas boas pauladas ao cão lá de casa. Explicação diferente, em pleno século XXI, é impossível. Os que se abstêm são, certamente, umas lesmas desprovidas de sistema nervoso central. São os tais que nos dão a certeza de que nem todos os seres à face do Planeta são sencientes.

AUTOR: Filomena Marta

Páginas